Juventude na frente:

      Hoje votei a ter esperanças. Muito bom, dentro deste caos pessimista que criam subjetivamente, voltar a sentir esperanças…

      Está ocorrendo a Cúpula Social do Mercosul, assisti algumas mesas pela manhã e pude ouvir algumas intervenções pouco críticas, com discursos que repetem tudo que as mídias podres querem que acreditemos…

      Já a mesa para discutir juventude, composta por líderes jovens diversos, inovou em tudo, pois,  para começar saíram da mesa e se colocaram em roda… Nesta vimos participações importantes, como uma jovem uruguaia que debateu questões polêmicas sem medo, um Argentino que disse que não é momento de enfraquecermos nossas presidentas de esquerda, a Dilma aqui a Cristina lá… Nenhum teve medo de ir no contra fluxo dos discursos passados pelas mídias das elites.

     Todos se colocaram atentos e críticos para as construções midiáticas das elites, que tentam de novo vender nossos países para o imperialismo, como sempre fizeram em nossa América do Sul.

      Todos – como professora de 42 anos – me fizeram pensar: “puxa, que jovem genial, queria que fosse meu aluno! ” Porque nós, professores gostamos e acreditamos na educação como instrumento de transformação, mas babamos nestes jovens que somariam para esta transformação numa sala de aula!

       Raul Amorim, jovem líder do MST, foi genial em diversas falas, todo tempo, todavia falou uma verdade: devemos lutar por aqueles jovens que nem mais se sentem jovens de tão excluídos, como a juventude negra, pobre, camponesa, indígena…

        Pablo Capilé, da mídia alternativa Fora do Eixo, foi genial todo tempo, conseguiu fazer análises perfeitas de conjuntas históricas, inclusive com uma didática perfeita com direito á gráficos e tudo.

         Não fiquei para o momento do debate, pois achei que já estava ocorrendo o debate com a mesa das mulheres, em outra sala, que no final atrasou, porém pude ver toda mesa falando, todos os jovens que a compuseram e isso já foi suficiente para me trazer esperanças.

           Esperança na juventude é o que uma educadora mais precisa sentir como combustível para continuar em sua trajetória idealista e hoje uso este espaço para agradecer aos jovens que conheci hoje e me fizeram sentir isso.

               Camila Tenório Cunha

               15/07/2015

P.S.: Sobre alguns destes jovens: http://www.cartacapital.com.br/sociedade/fora-do-eixo-6321.html

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s